Exposição
A Casa
Fotografias de Pedro Duarte | Novo Talento FNAC Fotografia 2013, Menção Honrosa

Passados 9 anos, voltei a  entrar na casa onde também cresci.

Aliei-me à minha máquina analógica, que me oferecia o aspecto de película mais antiga -  como as memórias que revisitei,  o lado mais cru – como as imagens que me surgiam, a vertente mais real -  como as emoções que me assolavam.

Ao olhar pelo visor vi tudo sem ver nada.

As pessoas costumam tirar fotografias para eternizar o momento. neste trabalho, foram os momentos eternizados em mim que ditaram as fotografias.

Gostei da ideia de usar a distância de uma abordagem documental para camuflar a intensidade de um testemunho emocional.

Gostei de criar um espaço onde me relembro mas que é, simultaneamente, um convite a que outros o façam.

Pensei que a força desta história estava no facto de ser minha.

Mais tarde percebi que devia a sua  grandeza ao facto de ser a história de toda a gente.

Pedro Duarte

Deixe um Comentário

*