Exposição
IN BETWEEN
Frederico Azevedo

Frederico Azevedo começou a fotografar em 1998. Durante os primeiros anos, dedicou-se ao autorretrato e à encenação, a cores e a preto e branco, com preferência por sítios desabitados aos quais a luz dá uma nova vida. O vencedor do prémio Novo Talento FNAC Fotografia 2010 apresenta o fruto de um trabalho documental pessoal, um diário de viagem no limiar de dois mundos.

Deixe um Comentário

4 Comentários
  • Estou absolutamente estupefacta com o seu maravilhoso trabalho, são fotografias em cru que demonstram o quotidiano e vivências de pessoas de fato reais. Parabéns!

  • O trabalho de Frederico Azevedo é desprovido de uma qualidade conceptual e técnica nunca merecedora de um prémio atribuido para um “vencedor de talento”. A sua obra não beira sequer a dos vencedores amadores portugueses dos anos 60, que arrecadaram fabulosos prémios com fotos, pelos processos antigos de captação, ótica e laboratorial. Não se encontra na obra de Frederico Azevedo a criatividade e sim meras tomadas, ameaceadoras de um novo estilo, cujo valor não se cuaduna, nem mesmo com a engenharia mecânica actual na área digital. Infelizmente assim o é.

*