Exposição
MOMENTOS NO PORTO DE LISBOA
Fotografias de vários autores

No dia 31 de outubro de 1887 o rei D. Luiz I atirou ao rio, em Alcântara, a primeira pedra, símbolo do início das obras do Porto de Lisboa, concretizando, assim, os estudos e planos de construção que, havia mais de um século, se arrastavam sem que fosse possível dar-lhes execução.
Desde então o Porto de Lisboa tem-se mantido em constante transformação, acompanhando as novas exigências da navegação e do comércio mundial.
As fotografias exibidas nesta exposição evidenciam as profundas transformações por que passou o Porto de Lisboa ao retratar momentos irrepetíveis dos anos 30 e 40 do século passado.
Ao olhar para esta mostra de 18 fotografias facilmente se perceberá a razão que levou a Administração do Porto de Lisboa a proceder ao restauro e digitalização dos mais de 6000 negativos em vidro, a preto e branco, que constituem uma memória visual não apenas imprescindível à reconstituição de muito do que se passou, como também um exercício associado à compreensão do presente e a todas as emoções que as imagens transmitem.
Estas imagens motivaram, aliás, a edição do livro Do Vasto e Belo Porto de Lisboa, que dá a conhecer outra face do Porto de Lisboa, ponto fundamental de relacionamento interoceânico, porto de escala, de partida e destino para todo o mundo ou simplesmente entre as duas margens do rio Tejo.

 

Deixe um Comentário

2 Comentários
  • É na FNAC que eu passo muito do meu tempo. Sou reformado, não tenho compromissos de tempo, sinto-me lá muito bem. A oferta essencialmente de DVDs é boa .E os preços são atraentes.
    Parabéns FNAC .

*