Exposição
PRÉMIO PHOTOESPAÑA OJODEPEZ DE VALORES HUMANOS 2012
Uma seleção de reportagens fotográficas

A FNAC volta a associar-se ao Prémio PHotoEspaña OjodePez de Valores Humanos e apresenta, nos seus espaços, um conjunto de reportagens fotográficas, selecionadas por Arianna Rinaldo, diretora da revista OjodePez.
A edição de 2012 galardoou o fotógrafo autodidata Alvaro Deprit (Madrid, 1977) com o trabalho Suspension, um ensaio que aborda a transição da adolescência para a idade adulta de estrangeiros, oriundos de países não pertencentes à União Europeia, que, a cada ano, chegam às case-famiglia, casas de acolhimento em Itália, que recebem anualmente entre 7.000 e 8.000 menores sem acompanhantes.
Nas primeiras oito fotografias desta exposição, testemunha-se o dia-a-dia dos jovens que vivem nestas comunidades, localizadas em edifícios residenciais, e que viajaram milhares de quilómetros, correndo inclusivamente risco de vida, fugindo da guerra, da pobreza e da incerteza. Ali, vivem suspensos entre dois mundos, no tempo e no espaço, à espera do que virá.
Os seis trabalhos finalistas, que também fazem parte desta mostra, são Los trabajadores, de Alejandro Cartagena (México); Transmongolian, de Álvaro Laiz (Espanha); Nada y así sea, de Christian Tasso (Itália); Trascendiendo límites, de Paulina Vallejo (Equador); A Woman’s War, de Elizabeth D. Herman (EUA) e The Hidden School, de Alessandro Vincenzi (Itália).

 

Deixe um Comentário

*