Discurso direto
S/ Título
Por Golgona Anghel

O desastre gosta de tomar
a forma das tuas pernas
para envolver-me melhor.

Reparo nas minhas unhas roídas nos cantos,
na pele infectada,
nos dentes amarelados,
no lixo acumulado no quarto
e pergunto-me:
como será a tua cara hoje,
enquanto o teu cabelo liso e louro
continua a tecer-te um casulo dourado
desde a altura do Natal,
dentro da minha arca congeladora?

Deixe um Comentário

*