Discurso direto
“SOM CORTANTE”
Por António Barahona

Eis a velhice que anuncia a juventude
de teimosia indómita: a fé islâmica
de cada dia,o nojo pla «política»,
incessante procura d’harmonia ígnea,
que não ilude, mas desvenda a realidade
nos seus desvãos doridos, em som cortante. 

Deixe um Comentário

*